Temais Telecom
ALERTA!

Primeiro caso suspeito de coronavírus é registrado no Hospital de Dionísio Cerqueira

Suspeita foi confirmada nesta quarta-feira à noite, a paciente reside em Barracão

19/03/2020 08h24
Por: Marcos Engel
Fonte: Fronteira Online
527
Foto: Fronteira Online
Foto: Fronteira Online

Na manhã desta quinta-feira, (19), Prefeitos do CIF, Consórcio Intermunicipal da Fronteira estiveram reunidos na Prefeitura Municipal de Dionísio Cerqueira, com profissionais de saúde e imprensa, na entrevista coletiva foi divulgado o primeiro caso suspeito de coronavírus registrado no Hospital Municipal de Dionísio Cerqueira, trata se de uma mulher que reside em Barracão, ela relatou que o filho viajou para São Paulo e retornou há poucos dias. O nome e idade da paciente não foram repassados por questão de sigilo.

O resultado do exame sai nos próximos dias, os prefeitos pediram calma à população e que continuem seguindo as orientações estabelecidas para evitar a propagação do vírus. 

Quais são os sintomas do coronavírus?

Febre;
Espirros;
Tosse;
Coriza;
Falta de ar.

O coronavírus pode causar infecções respiratórias desde um simples resfriado até uma pneumonia severa. Isto vai depender de vários fatores como idade e imunidade.

Os vários tipos do coronavírus causam doenças respiratórias e a forma mais eficaz de identificar a infecção pelo vírus é procurar um médico assim que os sintomas se manifestarem.

Apesar de serem sintomas semelhantes aos de um resfriado, por exemplo, o médico pode identificar a possibilidade de contaminação pelo vírus sabendo do histórico de viagem do paciente ou se ele teve contato com alguém que tenha viajado para a China, Japão, Coreia do Sul e do Norte, Cingapura, Vietnã, Tailândia e Camboja.

Caso alguma dessas perguntas tenha resposta positiva, o médico encaminhará os exames para uma investigação epidemiológica.

Como ocorre a transmissão do coronavírus?

Inicialmente, se pensava que a transmissão da doença acontecia de animais para pessoas, mas com os últimos acontecimentos na China, sabemos que a transmissão também pode ocorrer de pessoa para pessoa.

O coronavírus é de fácil transmissão e pode se disseminar das seguintes formas:

Contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos;
Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
Tosse;
Espirro;
Contato com secreções respiratórias.

Qualquer pessoa que se aproxime um metro de uma pessoa infectada corre o risco de ser contaminada com a infecção.

5 formas de se prevenir do coronavírus

A médica infectologista da Unimed Fortaleza Dra. Lícia Borges Pontes, separou 5 cuidados que você e sua família devem ter para se prevenir do coronavírus.

A sigla, em inglês, W-U-H-A-N indica ações que você deve ter no dia a dia para se manter protegido. Confira a tradução abaixo e comece a praticá-las para manter o vírus longe da sua casa:

Lave as mãos;
Use máscaras de proteção adequadamente;
Verifique sua temperatura regularmente;
Evite grandes multidões;
Nunca toque seu rosto com as mãos sujas.

Pessoas gripadas ou resfriadas

No caso de pessoas com sintomas característicos de gripes ou resfriados, a prevenção também deve ser feita, porém, com algumas particularidades quanto ao que deve ser feito

Listamos abaixo algumas dicas para que você e sua família saibam como proceder se já estiverem doentes:

1- Use máscaras de proteção em lugares públicos ou quando for conversar com alguém;

2- Ao tossir ou espirrar, use lenços de papel e, em seguida, jogue-os no lixo ou cubra a boca e o nariz utilizando o braço;

3- Evite cumprimentos com abraços, apertos de mão e beijos;

4- Evite visitas a entes queridos caso esteja gripado.

O coronavírus tem cura?

Mesmo sem haver tratamentos específicos para o vírus, a grande maioria das pessoas contaminadas evolui para a cura. Mas, apesar dessa informação, não se pode diminuir a gravidade das complicações que esse vírus pode trazer, já que os sintomas são muito agressivos para o corpo.

O tratamento para as doenças causadas pelo vírus, por enquanto, ainda é o de suporte, ou seja, o foco é o tratamento dos sintomas da infecção, como a febre e a tosse.

Fique atento!

Agora que você já sabe como se prevenir do coronavírus, aplique as ações de prevenção na sua rotina e da sua família.

Ele1 - Criar site de notícias