Temais Telecom
DENÚNCIA

Dois são presos em flagrante em operação que investiga seguranças de casas noturnas de Chapecó

Polícia Civil diz ter recebido denúncia de posse ilegal de arma, agressões e constrangimentos feitos por esses profissionais.

24/08/2019 11h23
Por: Fronteira Online
Fonte: G1
Foto: PM
Foto: PM

Uma operação contra irregularidades cometidas por seguranças de casas noturnas de Chapecó, no Oeste do estado, prendeu dois homens em flagrante nesta sexta-feira (23) na cidade e no município vizinho de Guatambu. A Polícia Civil diz ter recebido denúncias de posse ilegal de arma, agressões e constrangimentos feitos por esses profissionais.

Nesta sexta, 30 policiais civis, com o apoio do Serviço Aeropolicial de Fronteira, cumpriram seis mandados de busca e apreensão. Durante essa ação, quatro homens foram conduzidos à delegacia, entre eles os dois presos em flagrante. Um deles foi detido por posse ilegal de arma de fogo e o outro, por resistir e reagir à prisão.

Agora a polícia apura se esses seguranças estão vinculados a alguma empresa e se essas empresas têm cadastro regular na Polícia Federal. Também será apurada a regularidade com que esses seguranças eram contratados pelas casas noturnas.

Alguns dos investigados chegaram a exibir fotos de armas nas redes sociais. O nome dado à operação é "Pignus", que significa segurança, em latim.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.