Temais Telecom
VANTAGEM

Gol de Guerrero garante vitória e vantagem do Inter contra o Nacional

Placar de 1 a 0 veio nos minutos finais e deixa Colorado perto das quartas de final

25/07/2019 14h04
Por:
Fonte: correiodopovo.com.br
Guerrero marcou o gol da vitória colorada no Uruguai | Foto: Miguel Rojo / AFP / CP
Guerrero marcou o gol da vitória colorada no Uruguai | Foto: Miguel Rojo / AFP / CP

Parecia que a tônica da temporada iria se repetir. Mas não dessa vez. Com um gol no fim, o Inter voltou a vencer fora de casa após quase dois meses em um dos momentos cruciais da temporada. O Inter marcou aos 45 minutos e venceu o Nacional por 1 a 0, para levar vantagem ao jogo da volta no Beira Rio, na semana que vem. 

O único gol da vitória colorada foi marcado por Paolo Guerrero. O peruano recebeu bola após bela jogada de Wellington Silva para decidir o jogo.

Agora, o Inter joga por um empate para avançar, na semana que vem, para as quartas da Libertadores. A partida de volta acontece na próxima quarta-feira, 31, às 19h15min, no Beira Rio. Pelo Campeonato Brasileiro, o próximo compromisso do Inter é no sábado, às 19h, também em casa, contra o Ceará. 

Inter começa melhor, mas Nacional reage 

O Inter entrou em campo sem surpresas para o duelo contra os uruguaios. Com D'Alessandro entre os titulares, se postou em campo no tradicional 4-1-4-1 do técnico Odair Hellmann, com Nico López aberto pelo setor direito de ataque. Já o Nacional entrou no tradicional 4-4-2, com duas linhas de quatro bem definidas.

Nos primeiros minutos, foi o Inter quem dominou as ações ofensivas. Ficou com a bola e cercou a área do Nacional, jogando com autoridade longe do Beira Rio. A melhor chance no início da partida foi justamente do Colorado, em uma finalização de Patrick após tabela com Guerrero, que passou ao lado do goleiro Rochet. 

Mas o Inter levou perigo mesmo aos 20 minutos. Em falta cobrada por D'Alessandro no lado direito de ataque, próximo à linha de fundo, a bola sobrou para Nico López na marca do pênalti, após confusão. O atacante colorado bateu rasteiro e a defesa do Nacional tirou quase em cima da linha, evitando o primeiro gol do jogo. 

O Nacional melhorou no jogo depois da chance colorada. Em cinco minutos, três boas chances de gol. Primeiro, Bergessio colocou bola na trave após limpar a marcação de Patrick. Na sequência, foi a vez de Zunino vencer a marcação de Rodrigo Moledo e chutar forte, para boa intervenção de Marcelo Lomba. Depois, Lorenzetti desperdiçou.

O Inter até ensaiou uma reação antes do fim do primeiro tempo, equilibrando as ações. Especialmente pelo setor direito, buscou contra-ataques com tramas entre Edenílson e Bruno. No entanto, placar ao intervalo permaneceu zerado.  

Mais uma vez, Guerrero decide 

O Nacional voltou para o segundo tempo pressionando o Inter. Nos minutos iniciais, só os uruguaios ficaram com a bola, rondando com perigo a grande área defendida pelo Colorado e criando chances especialmente pelo lado direito de ataque. 

O técnico Odair Hellmann tentou mudar o jogo aos 15 minutos, promovendo a entrada de Rafael Sobis no lugar de Nico López que, mais uma vez, esteve apagado e não fez bom jogo contra seu ex-clube.

Passado o susto do início do segundo tempo, o Inter voltou a equilibrar as ações do jogo, sem levar grandes sustos. Apesar disso, também não criou grandes oportunidades de abrir o placar no Parque Central. 

A partir dos 25 minutos, o jogo caiu de produção, e o gol só seria marcado no fim do jogo. Wellington Silva saiu do banco para construir o lance do gol. Pelo lado esquerdo, fez jogada individual, e achou Paolo Guerrero dentro da área, que fuzilou sem chances para Rochet, decidindo o jogo e sacramentando a vantagem para o Inter no jogo de ida. 

Libertadores - Oitavas de final

Nacional 0 

Rochet; Cotugno (Castro), Corujo, Carvalho e Viña; Garcia (Carballo), Neves, Zunino, Ramirez e Lorenzetti (Barrientos); Bergessio. Técnico: Álvaro Gutiérrez 

Inter 1 

Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso (Nonato), Edenilson, Patrick, D'Alessandro (Wellington Silva) e Nico López (Rafael Sobis); Guerrero. Técnico: Odair Hellmann

Gol: Paolo Guerrero (45/2T)

Cartões amarelos: Edenílson, Undel, Guerrero (Inter); Neves e Lorenzetti (Nacional) 

Árbitro: Nestor Pitana (ARG)

Local: Estádio Parque Central, em Montevidéu (URU)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.