Temais Telecom
MANDADO DE PRISÃO

Homem é preso em SC após tentar extorquir ex-namorada e ameaçar divulgar fotos íntimas

Divulgar imagens íntimas sem consentimento é crime desde o ano passado

09/07/2019 14h38
Por: Fronteira Online
Fonte: nsctotal.com.br
Foto: NSC Total
Foto: NSC Total

A Polícia Civil de Santa Catarina cumpriu um mandado de prisão preventiva contra um homem, de 38 anos, que tentava extorquir sua ex-namorada, exigindo dinheiro para não divulgar imagens íntimas dela. A vítima registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso de Tubarão, no Sul do Estado.

De acordo com a investigação da polícia, o homem chegou a criar perfis falsos em uma rede social para exigir o dinheiro da ex. Caso a vítima não o pagasse, ele divulgaria as imagens íntimas. Na última sexta-feira (5), a Polícia Civil conseguiu realizar a prisão do homem em Balneário Camboriú, no Litoral Norte.

Desde o ano passado, com uma alteração no código penal brasileiro, que “oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, vender ou expor à venda, distribuir, publicar ou divulgar”, fotografia ou vídeo que contenha cena de estupro, sexo, nudez ou pornografia, sem o consentimento, é crime. A pena é de um a cinco anos de reclusão.

Para este tipo de situação, a pena aplicada pode ser maior, caso o juiz entenda que o criminoso tenha alguma relação íntima ou de afeto com a vítima. Isto está sendo chamado de "revenge porn" (pornografia de vingança/revanche).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.