Temais Telecom
Manifestações

Em atos pelo país, manifestantes defendem a Lava-Jato, Sergio Moro e atacam o STF

Atos organizados em defesa da Lava-Jato ocorreram nas principais capitais do Brasil neste domingo, 30.

01/07/2019 08h51
Por:
Fonte: NSC
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

As manifestações minimizaram o vazamento de conversas envolvendo o ministro da Justiça, Sergio Moro e atacaram a atuação de ministros do Supremo Tribunal Federal e de políticos.

Em Brasília, manifestantes se reuniram em frente ao Congresso Nacional e concentraram as críticas nos ministros do STF. Uma das pautas mais defendidas é a CPI da Lava Toga, para investigar os magistrados.

Em frente ao Congresso foram inflados quatro bonecos gigantes. Dois do ex-presidente Lula, ambos com roupa de presidiário, um de Moro vestido de super-homem e um que une Lula, o ministro Gilmar Mendes e o ex-ministro do PT José Dirceu. Esse boneco associa o STF ao PT.

O ministro é um dos principais alvos dos grupos bolsonaristas. Recentemente o ministro votou a favor de um habeas corpus para Lula, pedido que acabou negado por uma das turmas do STF.

De volta da viagem ao Japão, onde participou dos encontros do G-20, Jair Bolsonaro comentou brevemente os protestos, na entrada do Palácio da Alvorada.

— É um direito de o povo se manifestar. Eu costumo sempre dizer. A união dos três poderes precisa fazer parte de nós. Está no coração, no sentimento nosso. Uma coisa que pode levar o Brasil ao local de destaque que merece — afirmou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.